CONTEÚDO
CUSTOS FIXOS E VARIÁVEIS
FÓRMULAS DE CÁLCULO
PRODUTOS&SERVIÇOS
  - Taxas, Impostos e Seguros
  - Depreciação do veículo
  - Remuneração do Capital
  - Salário da Tripulação
  - Combustível
  - Rodagem - Pneus e recapagens
  - Peças e Manutenção
  - Lubrificação
  - Lavagem
  - Frete Peso
  - Coleta/Entrega
  - Número de viagens ou ton.km
  - Mark Up
  - Frete Valor
  - Tabela de Generalidades
  - Serviços adicionais
  - Despesas indiretas
  - Estadia (hora parada)
  - Formas de reajuste de tab. de frete
  - Livros de logística e transporte
  - VídeoCursos
  - Software para obtenção de AET
  - Software de Custeio de Frete
 - Central de Notícias
 - Cursos In Company
 - Dimensionamento de Frotas
 - Desenvolvimento de Softwares
 - Fale Conosco

Welcome to Adobe GoLive 6
Confira aqui...
PRODUTOS E SERVIÇOS
Cursos
VideoCursos
Softwares de cálculo de frete
Softwares de geração de AET
Consultoria
Elaboração de tabelas de preço
Livros
PLAN. CUSTOS OPERACIONAIS
Caminhões Semi-Leves
Caminhões Leves
Caminhões Médios
Caminhões Semi-Pesados
Caminhões Pesados
Semi-reboques
Outros
TABELAS DE FRETE - EMPRESA
Cargas Líquidas
Cargas Frigorificadas
Carga Comum - Lotação
Carga Comum - Tonelada
Carga Seca Fracionada
Conteiner
TABELAS DE FRETE - CARRETEIRO
Carga - Lotação
Carga - Tonelada
PREÇO DOS PRINCIPAIS INSUMOS
Caminhões Novos & Usados
Combustíveis
Histórico da variação de preços
Pneus
Lubrificantes
Lavagem
Pisos Salariais
Pedágios
Custos com Rastreamento
INDICADORES DO TRANSPORTE
ICOVER/RLV
INCT/DECOPE-NTC
IMPOSTOS SOBRE O TRANSPORTE
ICMS no Estado de São Paulo
IR; PIS; COFINS; CSLL
CONTEÚDO TÉCNICO
Como usar as planilhas operacionais
Metodologia de apuração de custos
Parâmetros de cálculo das planilhas
O que é Frete Peso?
O que é Frete Valor?
O que é Taxa de Despacho?
Generalidades do transporte
Indicadores de custos do transporte
Cobrança de Estadia (Lei 11.442)
Planilha de custo de armazenagem
Artigos
TRANSPORTE DE PASSAGEIROS
Ônibus Urbanos
Ônibus Rodoviários
Utilitários Passageiros
Taxi
Passagem (tarifa) Intermunicipal
Passagem (tarifa) Urbana
Locação de Automóveis (mensal)
Preço de Ônibus Fretado (eventual)
Preço de Ônibus de Turismo
Perua Escolar
PRODUTOS E SERVIÇOS
Cursos
VideoCursos
Softwares de cálculo de frete
Consultoria
Elaboração de tabelas de preço
Livros

Infofrete: 28/06/2012

Cotação de fretes para transporte de cargas diversas, com destaque para produtos agrícolas, nas principais regiões produtoras. Confira planilha completa aqui>>>

Colaboração: Carley Fernando da Transportadora Bom Jesus

Efeitos da nova lei de Jornada de Trabalho do motoristas.

Já temos 11 dias vigorando a lei 12.619/2012, que trata da jornada de trabalho do motoristas. O que podemos sentir na prática, é um momento de transição. Muitos achando que não vai dar em nada, alguns cumprindo rigorosamente a lei e outros alienados, como se nada estivesse acontecendo. Isto verificamos em toda a cadeia, embarcadores, transportadoras, frotistas, operadores de descarga. Este nível variado de entendimento e aceitação desta situação, tem gerado diferentes visões de mercado. O maior exemplo são os preços de frete, quem cumpre a lei, passa cotações baseada na visão de falta de caminhão, quem não acredita mantém os preços nos níveis históricos e isto gera grandes diferentes preços, em uma mesma situação e com argumentação bastante razoável, tomando cada um seu ponto de vista.

Tirando os achismos de lado, o fato é que a lei esta vigorando, a Polícia Rodoviária Federal irá fazer fiscalização orientativa por 90 dias e após este prazo, multará os motoristas que estiverem fora da lei. Esta suspensão de autuação, somente vale para a PRF, o Ministério do Trabalho vai fazer suas fiscalizações e autuações normalmente como manda a lei. Temos noticias de fiscalizações em postos de combustível e pátios de triagem, onde o Ministério do Trabalho já tem feito estas fiscalizações e obrigado os proprietários que ainda não se enquadraram a assinar TAC (Termos de Ajuste de Conduta).

Em algumas regiões do MT, já sentimos a falta de caminhões e conseqüente aumento nos preços de frete, outras regiões como BA, GO e PR ainda não estamos sentimos as mudanças na oferta de caminhões.

Quanto a previsão de reajuste nos preços de frete, temos todo tipo de informação de 15 a 100%, mostrando que será uma conta difícil de ajustar. É um bom momento para separarmos o que é frete de estadias e diárias, podermos precificar eficiência e ineficiências na troca de nota, nos carregamentos, nos procedimentos de descarga e na estrutura de apoio.

Região Vale do Araguaia e Xingú

Na região do Vale e Xingú, as movimentações reduziram ainda mais as cadências. Tanto na região do Vale como no Xingú, as movimentações para São Simão e Palmeirantes seguem em ritmo lento com preços de frete estável. Os problemas na Caltins em Colinas, continuam, reduzindo o fluxo de caminhões para o Xingú. Nesta região os efeitos da lei ainda não são notados no momento, muito provável pelo pouco fluxo de embarques.

Região Oeste MT

Na região, aumentou o fluxo de grãos para Alto Araguaia esta semana, os preços de frete começam a ficar pressionados. A oferta de caminhões, não tem atendido a necessidade de cadência dos embarques de grãos. Para Porto Velho, os embarques seguem com cadência e preço de frete estável. Temos uma boa oferta de produto na região, por conta da colheita de safrinha de milho, mas temos pouca expectativa de melhora na oferta de veículos nos próximos dias. As movimentações de pluma, seguem em ritmo estável, os preços de frete já sofrem com a influência dos aumentos de frete dos grãos, deixando estes fretes pressionado. Mesmo assim, por hora, as cadência estão sendo cumpridas.

Região Leste

Os embarques de grãos aumentaram o ritmo esta semana, pressionado os preços de frete. Os fretes que mais sofrem são os de longa distância, onde a oferta de caminhões é ainda menor. Praticamente todas as praças de embarque sofrem com a falta de caminhões neste momento. Os embarques de farelo, tanto para exportação, quanto mercado interno, tem aumentado os preços de frete para cumprimento das cadências. As movimentações de pluma, voltaram com cadência pequena de embarque, os preços de frete seguem pressionados. As movimentações de fertilizantes seguem ganhando volume, os preços de frete estão bem pressionados e muitas praças sofreram grandes reajustes, temos a impressão que está sendo quebrado o mito do “frete retorno”, nesta região.

Região Br 163

A região, como é uma das primeiras a colher a safrinha de milho, temos um bom volume disponível para embarque do produto. Os preços de frete estão subindo e a falta de caminhão já afeta praticamente todas as praças. Temos fretes, que ultrapassaram em 10% os preços históricos e mesmo assim, sem conseguirmos cumprir as cadências exigidas. O mercado de pluma esta lento, com poucos negócios, mesmo assim os preços de frete estão pressionados com o aumentos no mercado de grãos. Os embarques de calcário e fertilizantes estão acelerados, os preços estão pressionados e a cadência sendo cumprida com dificuldades. Temos alguma movimentação de caroço de algodão, ainda em ritmo lento, devido a pouca oferta de produto, que também sente a falta de caminhões e a majoração dos fretes.

Bahia

Na Bahia os preços de frete começam a ser reajustados pela falta de caminhões na região, o principal destino continua sendo o Porto de Salvador. As cadência estão sofrendo com a falta de caminhões. As movimentações de algodão continuam em ritmo lentos, os preços de frete começam a ficar pressionado, por conta dos aumentos nos fretes de grãos e a aproximação da safra atual, que já esta sendo beneficiada. Em Candeias, as movimentações de fertilizante estão em ritmo estável, os preços de frete estão pressionados. Poucas empresas estão cumprindo a lei da jornada de trabalho na região, não temos como verificar seus efeitos nesta região.

Paranaguá

Em Paranaguá, os pátios de descarga estão cheios, mas até o momento não temos problemas com estadias. Temos uma oferta boa de caminhões para carregamento de fertilizantes, mas os preços de frete tem se mantido estáveis. Melhorou bem a oferta de produto para embarque, diminuindo os problemas com filas e demora nos embarques. Poucas empresa tem cumprido a lei da jornada, principalmente quanto a carga e descarga nos terminais, seguindo o fluxo normalmente.

Se você tem e deseja divulgar informações sobre cotação de fretes em outras regiões e para outras cargas entre em contato conosco. Tel: 11-30512407. E-mail: joao@guiadotrc.com.br



Para mais informações, clique aqui>>> ou ligue 11-30512407