28/04/2017
> Quais problemas impactam a eficiência e produtividade da operação do transporte de cargas excedentes no Brasil
  • Demora na obtenção de AET
  • Restrições operacionais e de trânsito
  • Licenças municipais
  • Obras na pista
  • Escolta policial
  • Interferência de instalações de serviços públicos de energia elétrica, de telefone, de tv a cabo, trólebus, etc.
  • Interferência de equipamentos e instalações semafóricas.
  • Restrição de áreas de passagem de cargas especiais nas praças de pedágio.
  • Diferença de critérios entre os diferentes órgãos de diferentes estados.
  • Inconsistência regulatória entre os Estados.
  • Inconsistência nos critérios para exigência de Estudo de Viabilidade Estrutural
  • Inconsistência nos critérios para exigência de Escolta Policial e Credenciada
  • Inconsistência nos prazos para concessão de AET
  • Inconsistência nos prazos para respostas as consultas sobre viabilidade do transporte.
  • Inconsistência nos prazos para programação de travessia.
  • Inconsistência nas cobranças de taxas por concessionarias de rodovia.
  • Inconsistência na definição de excesso longitudinal dianteiro.
  • Inconsistência nos valores cobrados por serviços de escola policial.
  • Inconsistência nas formas de acionamento de escolta policial.
  • Inconsistência nos prazos de validade da AET para guindastes.
  • Inconsistência nos critérios para concessão e AET Anual.
  • Inconsistência nos formulários de requerimento de AET.
  • Inconsistência nas taxas de concessão de AET.
  • Inconsistência nos documentos exigidos para conceder AET.
  • Inconsistência nos critérios para conceder AET para cargas compostas.
  • Inconsistência nos critérios para exigência de AET para Guindastes.
  • Inconsistência nos horários permitidos para transitar inclusive em feriados.
  • Inconsistência na definição de quem é responsável pelo requerimento da AET e pela operação do Trafego.
  • Inconsistência nas formulas da TUV.
Fonte: Redação do Sindipesa
Leia mais:
> Quais licenças são necessárias para abrir uma empresa no Brasil?
> O que é Cabotagem no Brasil?
> O que é PLR - Participação nos Lucros e Resultados?
> Evolução das AETs emitidas pelo DNIT?
> Como é a sinalização dos veículos com dimensões excedentes
> como é a composição do frete rodoviário?
> que desde 2011, cavalo 6X2 não pode mais tracionar bitrem?
> Que veículos com a inspeção do tacógrafo vencida podem ser multados em caso de fiscalização, mesmo que estejam sem uso
> Transporte de remonta precisa de AET?
> Que veículos precisam adentrar as áreas de pesagem (balanças)




Quem somos

O Guia do Transportador ou, abreviadamente, GUIADOTRC é um Portal especializado na geração de informação, conteúdo técnico e prestação de serviços, inclusive de consultoria, para as pessoas e empresas que atuam na indústria de transportes e logística.

A produção do extenso e abrangente conteúdo técnico é resultado do trabalho coletivo de um grupo de especialistas atuantes em empresas de transportes, universidades, governo e associações de classe, o que garante a confiabilidade, simplicidade e praticidade na consulta e uso das informações disponibilizadas

Atuamos ainda no desenvolvemos de softwares e através da Central de Custos e Formação de Preços de Transportes fazemos pesquisa de Preço de Insumos, elaboramos Planilhas de Cálculo de Custos Operacionais e Tabelas de Frete, assim como índices para atualização de preço dos serviços de Transporte de Carga e de Passageiros.