Dimensionamento de veículo para transporte de carga indivisível, excedente em peso ou dimensões

LIMITES DE PESOS E DIMENSÕES MÁXIMAS ADMITIDAS

Conforme artigo 101 do CTB, aos veículos ou combinações de veículos utilizados no transporte de carga indivisível, que não se enquadrem nos limites de peso e dimensões estabelecidos pelo CONTRAN (confira tabela resumo) poderão os órgãos com circunscrição sobre a via estabelecer LIMITES DE PESOS E DIMENSÕES ESPECÍFICOS, válidos exclusivamente para as vias sob sua jurisdição. No caso, das rodovias estaduais paulistas, os limites de peso e as demais condições de sua utilização foram definidos pela Portaria SUP/DER-022-01/03/2010 alterada pela Portaria SUP/DER-029-10/03/2010 e resumidos na tabela abaixo.Confira aqui, tabela prática.

Limites de pesos para as rodovias estaduais paulistas, sob jurisdição do DER, DERSA e Concessionárias de Rodovias, conforme artigo 3.02 da Norma Vigente

Tipo de Eixo Distância entre eixos em (m)
Peso/Eixo(ton.)
2 rodas 4 rodas 8 rodas
Eixos Simples
 -
7,5 12,0 16,0
Conjunto de 2 eixos não em Tandem direcionais, com 2 rodas por eixo 15,0 - -
Conjunto de 2 eixos em Tandem maior que 1,20m e menor ou igual a 2,40   22,0 24,0
Conjunto de 3 eixos em Tandem maior que 1,20m e menor ou igual a 1,50   28,5 34,5
maior que 1,50m e inferior ou iguais a 2,40m 30,0 36,0
Conjunto de 4 ou mais eixos em tandem ou linhas-de-eixo dotadas de suspensão hidro-pneumática interligada maior que 1,20m e menor ou igual a 1,50   9,5 11,5
maior que 1,50m e menor ou igual a 2,40   10,0 12,0
Eixos Separados Superior a 2,40 7,5 12,0 16,0
Nota: poderão ser admitidos pesos superiores a estes, mediante a exigência de estudos de viabilidade, confira aqui.

TOLERÂNCIAS AOS LIMITES DE PESO:

Pesos Máximos Permitidos para Guindastes

Tipo de Eixo
Distância entre eixos
em (m)
Peso/Eixo(ton.)
2 rodas
4 rodas
Eixo simples com 2 rodas por eixo (Pneu convencional) Isolado
10,00
13,75
Eixo simples com 2 rodas por eixo (Pneu Extralargo) Isolado 12,00 -
Eixo duplo direcional, com 2 rodas por eixo - 15,00 -
Eixo duplo em tandem com 4 rodas por eixo (pneus convencionais) - - 27,5
Eixo triplo em tandem com 4 rodas por eixo (pneus convencionais) - - 36,00

ESTUDO DE VIABILIDADE PARA GUINDASTES

A circulação de guindastes autopropelidos dotados de 6 ou mais eixos, com peso por eixo igual ou superior a 12 toneladas, em rodovias de pista simples (uma faixa por sentido) exigirá a realização de estudo prévio das obras de arte existentes ao longo do itinerário a ser percorrido, atendidas as demais condições do subitem anterior.

DIMENSÕES MÁXIMAS A PARTIR DAS QUAIS É EXIGIDA AET

Sempre que as dimensões do conjunto transportador, entendendo-se este como a composição do veículo transportador (reboque, semi-reboque, etc.) mais a carga ultrapassar os limites máximos, abaixo transcritos, fixados pela Resolução 210/06, será necessário o requerimento de AET junto ao órgão com jurisidição sobre a via. Para efeito de obtenção de AET o que vai determinar a dimensão máxima admissível para um determinado itinerário é a capacidade geométrica da via, ou seja, altura de pontes e viadutos e demais instalações públicas.

Largura                                 2,60m
Altura                                  
4,40m
Comprimento
a) veículos simples:                14,00m
b) veículos articulados:           18,60m
c) veículos com reboque:        19,80m

*EXCEÇÕES

Os limites acima, a critério do DER, poderão ser superados quando se tratar de carga indivisível muito pesada, para a qual inexista equipamento que possibilite o atendimento desses limites; de cavalos mecânicos especiais e de guindastes com tara necessariamente grande para impedir seu tombamento em operação.

CRITÉRIOS PARA EXIGÊNCIA DE ESTUDOS DE VIABILIDADE

IV - Estudo prévio das obras de arte especiais feito por empresa especializada cadastrada no DER, deve ser exigido quando o PBT/PBTC do conjunto for superior a 213,0t.