Estudos publicados sobre CVC's

 Estabilidade Lateral de Conjuntos de Veículos de Carga

 Estudo do DER/Fipai - USP sobre impacto das CVC's sobra as obras-de-arte especiais

 Decisões do Grupo de Trabalho sobre Bitrens

 Nota Técnica do Denatran sobre Autorizações para Bitrens

 Bitrem e outras questões: em defesa do consenso

 Em defesa do bitrens de 9 eixos e da flexibilização das CVCs

 Qual a diferenção entre bitrem e rodotrem e outras CVC's?

 Bitrem reduz custos em até 16%, segundo o consultor Neuto Gonçalves

 Quais são os tipos de CVC's permitidas?

Vantagens das CVC's x Carretas Tradicionais

  • Aumento da carga transportada por cavalo-trator / motorista, dois dos principais componentes de custo do transporte rodoviário de cargas. Veja no quadro abaixo as principais diferenças:
Vantagens das CVCs
Acréscimo de carga Transportada Economia de Combustível Economia de Pneus
Implemento Trator Motorista Diesel Pneus PBTC carga líquida bitrem rodotrem bitrem bitrem
Carreta Convencional - cavalo 4x2 1 1 - 18 41,5 25,0 48% 100% 34% 40%
Carreta Convencional - cavalo 6x2 1 1 - 22 48,5 30,0 27% 67% - -
Bitrem 57 toneladas - cavalo 6x2 1 1 - 26 57,0 38,0 - 32,0% - -
Rodotrem 74 toneladas - cavalo 6x4 1 1 - 34 74,0 50,0 - - - -
  • Conservação da malha rodoviária: o conjunto bitrem distribui a carga de uma forma mais equilibrada, resultando em danos menores ao pavimento via-a-vis uma carreta convencional
  • Redução de caminhões no trânsito com consequente redução do desgaste ao pavimento, do número de acidentes, da emissão de poluentes, etc.
  • Os pneus de uma carreta de rodotrem rodam na primeira vida 200 mil quilômetros, enquanto que os pneus da carreta de três eixos fazem apenas 120 mil quilômetros.

Qual a diferença entre bitrem e rodotrem?

Bitrem (vide figura abaixo) é uma combinação de veículos de carga composta por um total de sete eixos, o que permite o transporte de um peso bruto total combinado PBTC de 57 toneladas. Os semi-reboques dessa combinação são interligados por um engate do tipo B (quinta-roda) e podem ser tracionados por um cavalo-mecânico 6x2 (trucado).

Já o rodotrem (vide figura abaixo) é um combinação de veículos de carga (dois semi-reboques) composta por um total de 9 eixos que permite o transporte de um peso bruto total combinado (PBTC) de 74 toneladas. Os dois semi-reboques dessa combinação são interligados por um veículo denominado dolly, que possui a característica de acoplar no semi-reboque dianteiro por um engate do tipo A (engate automático e com cambão) e fazer a ligação com o semi-reboque traseiro através de um engate do tipo B (quinta-roda)> essa combinação só pode ser tracionada por um cavalo-mecânico 6x4 (traçado) e necessita de um trajeto definido para obter Autorização Especial de Trânsito (AET).

Por definição o bitrem é um conjunto que possui duas articulações (quinta-roda do caminhão e a quinta-roda do semi-reboque dianteiro) e o rodotrem é um conjunto que possui três articulações (quinta-roda do caminhão, engate dianteiro do dolly e quinta-roda do dolly).

O que é um tri-trem?

É uma combinação de veículo de carga - CVC - formada por três semi-reboques interligados através de quinta roda, ou seja com engates do tipo B, como acontece na combinação bi-trem. Esta CVC possbilita um PBTC de 74 toneladas, a mesma do rodotrem, mas, devido às características específicas, são desenvolvidas especialmente para o transporte florestal e canavieiro.

Outras definições

Romeu e Julieta é um caminhão que traciona reboque;

Bitrem é um cavalo tracionando dois semi-reboques, engatados entre si por meio de uma segunda quinta-roda;

Tritrem é um cavalo tracionando três semi-reboques engatados por meio duas quintas-rodas;

Rodotrem é um cavalo tracionando dois semi-reboques acoplados por meio de um dolly intermediário;

Treminhão é um caminhão tracionando dois ou mais reboques, engatados por meio de ralas.

As CVCs permitidas pela Resolução 68 são as seguintes:

  • Romeu e Julieta com 19,80 m, com 50 e 57 t (seis e sete eixos)
  • Bitrem biarticulado com 7 eixos, 19,80 m e 57 t (3 tandens duplos)
  • Tritrem triarticulado com 9 eixos, até 30 m (trator trucado e 3 carretas de dois eixos 
  • Treminhão de 8 eixos, até 30 m e 63 t (caminhão trucado e 2 carretas de dois eixos)
  • Rodotrem de 9 eixos, até 30 m e 74 (cavalo trucado 6x4, duas carretas de dois eixos e dolly intermediário de 2 eixos

Embora se saiba que o engate por quinta roda (também chamado de trem B) seja o mais seguro acoplamento existente, a Resolução 68 não permite o uso desta configuração com tandem triplo. Exemplo: bitrem de 9 eixos (hoje, experimental) ou bitrem de 8 eixos.

Saiba Mais...

Fatores que induziram ao uso das CVC´s?

Quais as vantagens das CVC's sobre as carretas tradicionais?

Que tipos de combinações estão autorizadas?

Que combinações são mais apropriadas para nossas rodovias?

Quais os principais tipos de acoplamento para bitrem?

Tendências para o bitrem

Quais os requisitos para certificação da CVC?

Requerimento de Autorização Especial de Trânsito?

Quais as restrições à circulação no Estado de São Paulo?

Quais os horários permitidos para a circulação?

Onde requerer AET para bi-trens e rodotrens?

Tipos de acoplamento

Cálculo de Sobrelarguras de Veículos Combinados Típicos pela Fórmula da SAE/WHI

Quantos Bitrens há em Circulação no Brasil?

Qual a Participação de Mercado do Bitrem sobre as Outras Composições?

Qual a Participação de Bitrem no Segmento de Combustíveis?

Qual a Participação de Bitrem no Segmento de Granéis?


Quem somos

O Guia do Transportador ou, abreviadamente, GUIADOTRC é um Portal especializado na geração de informação, conteúdo técnico e prestação de serviços, inclusive de consultoria, para as pessoas e empresas que atuam na indústria de transportes e logística.

A produção do extenso e abrangente conteúdo técnico é resultado do trabalho coletivo de um grupo de especialistas atuantes em empresas de transportes, universidades, governo e associações de classe, o que garante a confiabilidade, simplicidade e praticidade na consulta e uso das informações disponibilizadas

Atuamos ainda no desenvolvemos de softwares e através da Central de Custos e Formação de Preços de Transportes fazemos pesquisa de Preço de Insumos, elaboramos Planilhas de Cálculo de Custos Operacionais e Tabelas de Frete, assim como índices para atualização de preço dos serviços de Transporte de Carga e de Passageiros.